A Cidade

São Bento do Sapucaí é comumente chamada de Estância da Aventura, com emoções para todos os gostos: Complexo da Pedra do Baú, 10 cachoeiras, Pedra da Divisa, Alto do Campestre e mais. Enquanto a coragem e a disposição permitirem, as atividades a serem praticadas são as mais diversas: balonismo, canyoning, cavalgada, ciclismo, corrida de aventura, motocross, mountain bike, escalada em rocha, paragliding, vôo livre, off-road, rapel, trekking, páraquedismo e mais. Prato cheio para quem curte aventura e adrenalina.

A cidade também esbanja tradições e marcas vivas do seu passado histórico que permanecem no dia a dia, valorizando o artesanato e a frugalidade do seu povo; a Casa do Artesão é um espaço utilizado por mais de 160 artesãos que expõe suas peças à visitação. Aos sábados e feriados, é realizada uma feira onde os artistas vendem suas peças, feitas de madeira, cobre, palha de milho, fibra de bananeira, entre outros.

Na praça da Matriz, encontra-se a igreja construída por escravos em 1853, com paredes em taipa de pilão. Na ante sala, fotos de interessantes histórias da igreja e do município.

Dando uma volta além do centro, encontra-se o Quilombo, um pequeno bairro que manteve suas características desde sua fundação em 1888, quando terras foram doadas a ex-escravos. Lá, o artesanato aflora de mãos talentosas e simples, que perpetuam com suas obras os costumes de uma época que vem sendo esquecida por muitos de nós.